Como trabalhar com profissionais difíceis?

Marisa Fonseca Diniz


Vivemos uma vida estressante e um dos lugares onde mais vivemos depois da nossa casa, é o trabalho. Trabalhar em um ambiente carregado ou negativo gera estresse e baixo rendimento. Muitas das vezes estes sintomas ocorrem devido à falta de incentivos por parte da empresa em manter um ambiente agradável devido às divergências de comportamentos e atitudes de alguns profissionais.

Profissionais com comportamentos difíceis dificultam o bom rendimento de uma equipe e do ambiente de trabalho. Quem nunca teve a oportunidade de trabalhar com um sócio, chefe ou colega de trabalho de temperamento difícil?

Alguns tipos de profissionais difíceis de trabalhar:

Dissimulados: os profissionais com esta característica são aqueles que jogam seus problemas para dentro, vingativos, sempre estão armando ciladas para as pessoas das quais não se simpatizam e são principalmente falsos.

Como trabalhar com profissionais dissimulados?

Responda seus questionamentos de maneira evasiva, mantenha a ética profissional e demonstre que a responsabilidade mútua é importante. Caso o profissional dissimulado mostre suas artimanhas, desmonte-as, flagre suas mentiras e desmascare-o. Não entre no jogo dele e mantenha a calma.

Arrogantes:  são profissionais que se acham superiores aos demais, inseguros, narcisistas e críticos nas opiniões alheias.

Como trabalhar com profissionais arrogantes?

Não discuta com ele, não se deixe abater pelas atitudes negativas, ignore suas críticas já que estas atitudes só demonstram que é inseguro e tem baixa autoestima.

Egoístas: profissionais que demonstram que são únicos, vingativos, vaidosos e adoram humilhar os colegas de trabalho.

Como trabalhar com profissionais egoístas?

As atitudes são as mesmas do dissimulado, não se estresse e ignore-o, que com o tempo perceberá que não está agradando.

Autoritários: muitos profissionais em cargos de chefia se gabam em serem autoritários, porém estão sempre escondendo suas verdadeiras pretensões, são julgadores, rudes e passam a falsa ilusão de que autoridade impõe respeito.

Como trabalhar com profissionais autoritários?

Não confronte, quando for humilhado por ele seja simpático, compreensivo e prestativo, ele vai perceber que você gosta de ser respeitado e vai procurar outra vítima.

Controladores: profissionais que sempre querem saber de maneira mansa o que acontece na vida dos colegas de trabalho, fofoqueiros, vingativos, sempre arranjam um jeito de prejudicar os colegas e tirar vantagem controlando-os.

Como trabalhar com profissionais controladores?

Não conte suas vitórias, fracassos, segredos, projetos e nem dê importância as suas artimanhas para conseguir tirar estas informações.

Dominadores: chefes dominadores são comuns no meio corporativo, inseguros, apesar de se acharem fortes e imbatíveis. São questionadores, sedutores, perigosos, não gostam de ser contrariados e impõem a qualquer custo suas ordens e ideias. Altamente vingativos fazem de tudo para acabar com a vida profissional de uma pessoa, mesmo quando seus subordinados, colegas de trabalho ou sócios já se desligaram do quadro de funcionários da empresa. Perseguem suas vítimas e tentam acabar com elas difamando profissionalmente e pessoalmente como se fosse um triunfo para eles.

Como trabalhar com profissionais dominadores?

Profissionais inseguros que necessitam impor a qualquer custo sua imagem, ideias e capacidade, mesmo não tendo, são altamente vingativos e devem ser totalmente ignorados e esquecidos.

Agressivos: profissionais estourados, agressivos no falar e no agir, descontroladas, inconstantes no temperamento e estão sempre na defensiva.

Como trabalhar com profissionais agressivos?

A maneira mais fácil de trabalhar com este tipo de profissional é agir de maneira contrária as suas atitudes. O diálogo é a melhor forma de compreendê-los.

O ambiente de trabalho deve ser um local descontraído e agradável, temperamentos difíceis devem ser tratados através de terapias com psicólogos. As pessoas devem respeitar as opiniões e os comportamentos dos colegas de trabalho e não tentar impor a qualquer custo suas ideologias e opiniões. Percebe-se que a vingança é uma característica muito comum de todos os profissionais de temperamento difícil. É uma característica típica de pessoas problemáticas, inseguras, amarguradas, com baixa autoestima e querem demonstrar que tem capacidade profissional acima das demais pessoas que trabalham com eles.

Uma empresa só é produtiva quando há respeito e todos os funcionários trabalham em sintonia para o seu crescimento.


Os artigos aqui publicados e este blog estão protegidos pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo os artigos aqui expostos, pois estão todos registrados.


Licença Creative Commons
O trabalho Como trabalhar com profissionais difíceis? deMarisa Fonseca Diniz foi licenciado com uma LicençaCreative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível emhttp://marisadiniznetworking.blogspot.com/2013/06/como-trabalhar-com-profissionais.html.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.