Use e abuse da etiqueta organizacional


Marisa Fonseca Diniz



Se você está se perguntando o que é esta tal de etiqueta organizacional, então te convido a ler este artigo até o fim. A etiqueta organizacional (ou empresarial) é definida como um conjunto harmonioso de normas e procedimentos de boas maneiras, bons costumes, ética, atitudes, gestos, fisionomia, traje, palavras e voz, que tem como objetivo melhorar e facilitar as relações humanas dentro das empresas.

Não há nada mais agradável do que trabalhar em um ambiente organizacional, onde as pessoas conseguem se relacionar umas com as outras de maneira harmoniosa, educada, sem alterar a voz e sem atitudes agressivas. No entanto nem sempre esta atitude de respeito pode ser encontrada em algumas empresas. A fala agressiva da chefia com os subordinados, em geral é a mesma utilizada para falar com fornecedores e clientes, imperceptível para algumas pessoas, mas para outras é considerada uma comunicação grosseira e desrespeitosa.

Deve-se ter em mente que a política organizacional da maioria das empresas é manter a boa convivência entre os funcionários, bem como manter o bom trato com clientes e fornecedores. A comunicação é a ponte entre as pessoas, e não há nada pior do que se sentir desrespeitado por alguém que não tem o costume de tratar bem os indivíduos com quem mantêm um relacionamento profissional e tão pouco se preocupa com suas atitudes vergonhosas. A comunicação seja ela pessoal ou virtual deve ser feita de maneira respeitosa, nada de achar que o diálogo entre os interlocutores poder ser de qualquer maneira cheio de intimidade ou piadas.

A etiqueta organizacional deve ser aplicada também aos e-mails corporativos, tanto com pessoas da própria empresa como as fora dela. Este recurso é uma maneira rápida e fácil de enviar documentos, relatórios e mensagem, portanto a comunicação deve ser feita de maneira formal. Seja gentil ao receber e-mails com portfólios de fornecedores, currículos profissionais e questionamentos sobre produtos e/ou serviços ofertados pela empresa, jamais deixe de responder educadamente cada uma das mensagens dê sempre uma satisfação ao interessado que fica sempre no aguardo de um retorno.

É importante ressaltar que não se deve jamais responder um e-mail com críticas ou chalaças, principalmente quando não se conhece quem enviou o e-mail, como é o caso de alguns profissionais que enviam uma carta de apresentação ou o currículo profissional às empresas.

O responsável pelo departamento de recursos humanos ou a diretoria (quando o porte da empresa for pequeno) deve sim agradecer o envio do currículo, e comunicar ao profissional que no momento não há vagas disponíveis, mas que irá guardar no banco de dados e sempre desejar sucesso na busca por uma recolocação. Nada de se achar íntimo, falar que a empresa é insignificante para ter um funcionário altamente capacitado, pois dá a entender que a empresa em questão não é um local confiável. Além do que, não se sabe se no futuro este mesmo profissional poderá ser um fornecedor ou cliente.

Sabedoria e educação são essenciais no mundo dos negócios. Erros profissionais podem ser prejudiciais não apenas às empresas como também aos profissionais, verifique a ortografia antes de enviar qualquer e-mail, correspondência, relatório, contrato saiba que o receptor precisa entender o que está recebendo.

No ambiente de trabalho, os funcionários devem ir trajados com roupas discretas, mesmo que o ambiente de trabalho seja informal, nada de usar roupas apertadas, provocativas ou com grandes rasgos. Em uma reunião de negócios, por exemplo, deve-se manter a compostura, nada de bater na mesa, esbravejar ou falar cuspindo o que é algo inaceitável. Preze pela boa convivência, seja cortês, nada de querer mostrar que é melhor que os outros.

De maneira nenhuma queira ser o centro das atenções, principalmente em eventos corporativos, não seja vulgar, não beba demais e nem tente tirar a barriga da miséria, pois o excesso pode fazer com que a pessoa perca a compostura e consequentemente perca o emprego. Interaja de maneira a não prejudicar os outros e muito menos deixar o clima organizacional pesado, pois não há nada mais constrangedor do que ter funcionários que não sabem se comportar de maneira agradável em um ambiente empresarial.  

Não se esqueça, a etiqueta organizacional é muito importante e os funcionários devem segui-la a risca, pois de nada adianta ter um currículo impecável se o profissional não sabe se comportar em público!

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.


Licença Creative Commons
O trabalho Use e abuse da etiqueta organizacional de Marisa Fonseca Diniz está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em https://marisadiniznetworking.blogspot.com/2019/03/use-e-abuse-da-etiqueta-organizacional.html.