28 de dezembro de 2014

Erros cruciais nas redes profissionais


Marisa Fonseca Diniz



As redes profissionais surgiram com o propósito de unir interesses profissionais e comerciais em comum, porém há algumas pessoas que não conseguem discernir os interesses profissionais dos pessoais gerando diversos problemas nas redes. As redes profissionais surgiram em 1997 de modo a conectar diversos usuários a interesses em comum ao redor do mundo.

O primeiro site a combinar todos os recursos desde a criação do perfil até a adição de amigos foi o SixDegree.com, que surgiu com a intenção de ajudar as pessoas a alavancarem seus negócios. Atualmente as redes profissionais proporcionam uma variedade de serviços, tais como auxiliar os interessados em conseguir um emprego em qualquer lugar do mundo, compartilhar conhecimentos, experiências e discussões em grupo relacionadas a diversas áreas de atuação.

As redes profissionais são excelentes recursos para a ampliação de contatos também conhecidas como networking, que proporcionam a efetivação de parcerias comerciais, bem como oportunidades de desenvolvimento de mercados e negócios às  empresas e profissionais interessados em lançar seus produtos em um determinado segmento de mercado.

Há diversas redes profissionais existentes na internet, porém precisa tomar certos cuidados, pois algumas são específicas para determinadas áreas de atuação e outras não. 

Plaxo:  Apesar de ser considerada uma rede profissional funciona mais como uma agenda de contatos virtuais, onde fornece a atualização automática das informações de cada um dos contatos. Os usuários e os seus contatos armazenam suas informações nos clouds dos servidores da Plaxo. Quando as informações são editadas pelos usuários, as mudanças aparecem automaticamente na lista das conexões compartilhadas.

A principal vantagem da Plaxo é a compatibilidade com o Outlook, Mozilla, Thunderbird, Mac OSX’s Adress Book, iOS e BlackBerry e interface com outros aplicativos.

Xing: A rede oferece perfis pessoais, grupos de discussões, coordenação de eventos nos seguintes idiomas: holandês, inglês, finlandês, francês, alemão, húngaro, italiano, japonês, coreano, espanhol, polonês, português, russo, chinês, sueco e turco.

Viadeo: É uma rede profissional composta por empresários e gestores, originalmente criada na França e que concorre com as demais redes profissionais, onde são oferecidas oportunidades de trabalho, grupos de discussões com diversos temas e contatos profissionais.

Open Science Lab: É uma rede profissional destinada a alunos de graduação de universidades e educadores de qualquer lugar do mundo, que trabalham para desenvolver ativos compartilhados. Excelente para quem busca projetos e programas de ciência de alta qualidade.

Wisestep.com: É uma plataforma profissional destinada as pessoas que estão em busca de uma recolocação profissional e desejam aumentar sua rede de networking.

Hall.com: É uma rede profissional criada para promover a criação de startup, que inclui recursos para colaboração em tempo real.

LinkedIn: É uma rede profissional que interage com diversos profissionais ao redor do mundo, sendo mais de 84 milhões só nos Estados Unidos. A rede permite a criação de grupos de discussão, a adição de contatos, empregos, projetos, negócios entre outros.

beBee: A rede é jovem nasceu em 2014 na Espanha e está presente em diversos países. É uma rede social voltada ao profissional, diferente das outras redes que são mais formais. A proposta da rede é bem interessante aposta na interação do profissional com os outros usuários e empresas (abelhas) e também com as comunidades (colmeias) de forma descontraída, onde os usuários além de apresentar suas aptidões também podem demonstrar seus gostos. É uma nova proposta de rede profissional/social, excelente para expor suas preferências, ser visto por diversos usuários de diversas nações, e expandir os negócios. 

Há algumas redes sociais que também podem ser utilizadas com finalidade profissional, que são o Facebook e o Twitter. O que muitas pessoas não conseguem discernir é que as redes profissionais não servem como redes sociais e nem sites de relacionamentos românticos. Sendo assim acabam cometendo alguns erros cruciais ao bom desenvolvimento das relações profissionais.



O que NÃO se pode fazer em uma rede profissional:

·       Postar fotos sensuais que despertem o libido dos usuários;

·       Postar fotos de café da manhã, almoço ou jantar;

·       Postar assuntos que não agregam conhecimentos profissionais;

·       Postar mensagens e artigos preconceituosos;

·       Discutir um tema profissional, não respeitar as opiniões alheias e ficar           xingando os demais participantes;

·      Convidar um profissional para fazer parte da sua rede de contatos, e depois ficar enviando mensagens de paquera pela caixa postal;

·      Ficar enviando indiretas para atingir algum usuário por meio de mensagens no feed;

·      Ficar insistindo para alguém te adicionar na rede;

·      Bloquear respostas divergentes das demais discutidas no grupo;

·      Ficar enviando propaganda exaustivamente através da caixa postal dos usuários;

·       Postar informações enganosas no perfil profissional;

·       Criar um perfil fake e ficar enviando spam na caixa postal;

·       Solicitar recomendações insistentemente sem recomendar ninguém;

·       Achar que o contato da rede é seu amigo íntimo e tem obrigação de repassar os contatos particulares, tais como o perfil da rede social, skype, celular, etc.;

·      Visitar o perfil dos outros usuários como anônimo;

·      Ficar fazendo propaganda política de candidatos aleatórios aos assuntos  discutidos;

·      Postar tendências de moda, músicas, fofocas, etc.;

·      Ficar enviando mensagens difamando seu emprego anterior;

·      Não preencher todos os dados do perfil;

·      Encher o perfil com assuntos que não dizem respeito à carreira;

·      Só utilizar a rede quando precisa de emprego;

· Ficar postando continuamente que tem tantos usuários, isso não interessa    a ninguém;

·     Não participa de nenhuma discussão;

·  Não amplia sua rede de contatos e nem adiciona seus ex companheiros de empresas ou de estudos;

· Não confundir jamais rede profissional com rede social ou site de relacionamento.

Os profissionais precisam ter ciência de que, o comportamento representado por eles na rede profissional refletem muito mais do que possam imaginar. O profissional que insistentemente fica paquerando os demais usuários demonstra problemas com relacionamentos e até mesmo solidão, e aproveita a rede para se lançar como um pretendente disponível. Aliás, está fazendo isso no lugar errado.

A pessoa que posta mensagens e fotos pessoais ou sensuais gosta de aparecer, provavelmente tem problemas de autoestima baixa ou sofre da 
Síndrome do Pavão. O profissional que não respeita a opinião alheia com toda certeza deve ser uma pessoa intransigente,  intolerante, autoritária e avessa a novidades. A pessoa que visita o perfil dos demais usuários como anônimo demonstra ser uma pessoa que não gosta de assumir nada, imagina numa empresa?

O profissional que não participa de discussões ou não amplia sua rede de contatos, e só faz isso quando está desemprego demonstra ser uma pessoa egoísta, que só pensa em compartilhar seu sofrimento, mas nunca conhecimento. Pessoas que ficam enviando propaganda de produtos, serviços e empresas demonstram que estão com problemas de caixa e acabam disparando informações a todos sem fazer uma seleção adequada, porque não adianta enviar propaganda de software de comércio exterior para quem trabalha com pesquisas médicas.

Cabe a todos os profissionais analisarem melhor suas ações dentro das redes profissionais evitando dessa maneira serem excluídos ou bloqueados. Não há nada mais desagradável do que ter um contato profissional sem ética. As pessoas precisam ter bom senso e saberem se comportar de maneira respeitosa e profissional, caso contrário sofrerão as consequências dos seus próprios atos.    


Os artigos aqui publicados e este blog estão protegidos pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo os artigos aqui expostos, pois estão todos registrados.






Um comentário:

  1. É isso mesmo Marisa. Vamos nos informar mais, afinal quem está lá, não perde tempo com blá blá blá que não leva a lugar nenhum. Ótima a sua postagem! Obrigada por compartilhar

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.